quinta-feira, 10 de junho de 2010

terça-feira, 9 de março de 2010

II Corrida Solidária Médicos do Mundo

No dia 17 de Março de 2010, pelas 12h, o Clube do Desporto Escolar da Escola EB 2,3 Garcia d'Orta de Castelo de Vide organiza a II Corrida Solidária Médicos do Mundo, com a participação de toda a comunidade escolar.


O percurso na extensão de 2010m percorre as artérias centrais da Vila.


O que é a corridasolidária?
Corridasolidária é uma proposta de Médicos do Mundo para fomentar a consciência sobre a solidariedade entre os mais jovens, a favor da Educação para o Desenvolvimento e da Saúde.
Consiste em organizar uma corrida, com cada escola participante, que irá permitir:
-Sensibilizar crianças e toda a comunidade educativa para a necessidade de praticarem uma vida saudável, através de uma alimentação equilibrada e do exercício físico;
-Reflectir sobre as condições de vida e sobre a problemática social dos países em desenvolvimento;
-Demonstrar aos alunos de várias idades, a importância da sua participação e capacidade para mudar situações de injustiça mundial;
-Angariar fundos para apoiar um projecto humanitário em Timor-Leste e outros em Portugal.

Quem vai beneficiar do "patrocínio solidário"?
- Metade dos fundos angariados servirão para apoiar o projecto em Timor-Leste, "Comunidade Saudável". Este projecto abrange toda a comunidade do distrito de Lautem, cerca de 59.000 pessoas, sendo os principais beneficiários as crianças menores de 5 anos de idade, as mulheres grávidas e as mães que vivem nas regiões mais remotas e com dificuldades de acesso a serviços de saúde de qualidade.- Por outro lado, os restantes 50% da angariação do projecto, serão aplicados às necessidades dos projectos nacionais de Médicos do Mundo, também no trabalho junto de crianças e jovens, com o objectivo de adquirir uma carrinha/ consultório/ ludoteca móvel, totalmente equipada e adaptada para a promoção da saúde, junto de crianças e jovens, sobre várias questões nutricionais, doenças sexualmente transmissíveis e VIH/Sida.

Como se conseguem os "patrocínios solidários"?
Cada participante procura entre os seus familiares e amigos "patrocinadores", pessoas dispostas a colaborarem com uma quantia de dinheiro, por exemplo, 1€, por cada Km percorrido, ou pela corrida em geral. no início da corrida, entrega ao responsável na sua escola o dinheiro angariado que, por sua vez o fará chegar a Médicos do Mundo para os projectos já referidos.


Mais informações em:


http://www.medicosdomundo.pt/

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Escola Electrão

O Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide vai participar no Projecto "Escola Electrão".

Pode consultar a notícia no endereço da Câmara Municipal de Castelo de Vide:

sábado, 30 de janeiro de 2010

O Gato Garcia


O Gato Garcia já está online.

É só consultar o seguinte endereço:

domingo, 20 de dezembro de 2009

Feliz Natal

Um próspero 2010








As aulas iniciam-se a 4 de Janeiro.
No dia 6 há reunião entre Directores de Turma e Encarregados de Educação.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Oferta do Clube do Desporto Escolar


(carregar na imagem para maior resolução)

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Início do Ano Lectivo

(Carregar em cima da imagem para visualizar melhor)

Novo Ano Lectivo

Ano Lectivo 2009/ 2010

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Workshop de Ervas Aromáticas e Medicinais

A notícia já não é “fresquinha”, mas vale sempre a pena recordar eventos como este.

Dia 19 de Junho foi o último dia de aulas para a maioria dos alunos de 2º e 3º ciclos e a data não podia ter sido melhor assinalada pelo Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide, que patrocinou a realização de vários workshops, ao longo do dia, sobre o tema das Ervas Aromáticas e Medicinais, para alunos e adultos da comunidade. Para o efeito, o Centro Municipal de Cultura de Castelo de Vide esteve de portas abertas, desde as 8h e 30m da manhã, para receber cinco turmas, do 6º ao 8º anos. A partir das 16h seguiram-se mais dois workshops para adultos, inteiramente gratuitos, com duração aproximada de 2 horas cada.

Em qualquer destas “oficinas”, os participantes receberem ensinamentos e poderem tomar contacto com as virtudes e benefícios das ervas aromáticas. No entanto, o ponto alto do evento foi, sem lugar de dúvida, o facto de todos poderem fabricar, a seu inteiro gosto, e levar para casa um perfume caseiro, obtido através do método de destilação natural com alambique.

Graças ao carácter interactivo com que os workshops foram conduzidos, fruto da simpatia e disponibilidade das monitoras Paz Cruz e Carol, da Associação Cultural La Lanzadera, todos chegaram ao fim bastante satisfeitos.

Aproveito, igualmente, para frisar que nada disto teria sido possível sem a ajuda de alguns donativos que foram, amavelmente, concedidos ao Projecto de Educação para a Saúde, em resposta ao nosso pedido para dinamizar actividades do género. Assim, aqui fica, para já, o nosso “muito obrigado” à Câmara Municipal de Castelo de Vide; às juntas de freguesia de Santa Maria da Devesa, São João Batista e Santiago Maior; aos balcões de Castelo de Vide das instituições bancárias BPI e CGD e, por fim, ao Comendador Rui Nabeiro da empresa Delta. Brevemente, prometemos a divulgação pública de outras actividades do Projecto de Educação para a Saúde, onde contámos com a preciosa ajuda de alguns parceiros locais, que gentilmente disponibilizaram o seu tempo e recursos, para nos auxiliar a implementar actividades para a alunos e Encarregados de educação.


Ana Cerdeira















segunda-feira, 22 de junho de 2009

Escola do Sol

O calor já aperta e sabe mesmo a Verão.

Com o Sol vem o desejo de praia, piscina, passeios ao ar livre, enfim, nada como a energia do astro Rei para retemperar as energias e nos fazer sonhar com as tão ansiadas férias.

Apesar de o Sol ser a fonte primária de energia de toda a vida no planeta, em tempos de maior calor é também necessário redobrar as nossas defesas contra as suas radiações. Neste contexto, no passado dia 9 de Junho, a farmacêutica Raquel Calado estagiária na Farmácia Roque, acompanhada da Directora Técnica Sandra Pinto, esteve presente na nossa escola para elucidar os alunos do 5º ano de como tirar o melhor partido do Sol, sem riscos acrescidos.

Para quem não sabe aqui fica a mensagem da Dra. Raquel.

A pele é um órgão sem o qual poderíamos sobreviver, constituída por três camadas: a epiderme, mais superficial; a derme, camada intermédia e a hipoderme, camada mais profunda. Apesar de a epiderme estar em constante renovação, algumas radiações solares, como os ultravioleta A (UVA) e os ultravioleta B (UVB), mais do que o vulgar escaldão, podem, a médio ou longo prazo, provocar danos irreversíveis neste órgão, originando desidratação; fotoenvelhecimento; cataratas; cancro de pele, entre outros problemas.

É preciso lembrar que o Sol já não é como antigamente. Nas últimas décadas, a libertação continuada dos mal-afamados cloroflurocarbonetos, mais conhecidos por CFCs, provocou uma rarefacção da camada de ozono, aquela camadinha localizada nas capas altas da atmosfera, que protegia a superfície terrestre das radiações solares mais nocivas. Em resultado, toda a vida no planeta está mais susceptível.

Quanto a nós, torna-se necessário tomar precauções, não só no Verão, como ao longo de todas as estações, recorrendo ao uso de chapéus, óculos de Sol e de protectores solares adequados ao tom de pele. Desta forma, peles muito clarinhas necessitam de um protector com factor de protecção superior a 50; peles claras de um protector com factor de protecção superior a 30 e mesmo as peles morenas não dispensam um factor de protecção 20.

Não se deixem enganar com a promessa dos óleos bronzeadores ou cremes com protecção insuficiente. Um bom protector, além de possuir o índice de protecção adequado, deve ter sempre indicação de protecção contra os UVA e os UVB. Daí que observem bem o rótulo do produto antes de o adquirirem.

Igualmente importante, é não esquecer que as crianças até aos 3 anos de idade, nem sequer podem estar ao Sol, pois a pele ainda é muito imatura e não possui as defesas de um adulto. De facto, todos possuímos na pele uma substância denominada melanina, que é a responsável pela sua cor. A exposição ao Sol estimula a produção de melanina e a nossa pele escurece gradualmente. No fundo, trata-se de um mecanismo de defesa natural, visto que esta substância possui a capacidade de absorver as radiações ultravioleta. A pele dos bébes e crianças mais pequenas possui, ainda, uma quantidade muito baixa de melanina, pelo que as defesas destes são ausentes ou muito reduzidas.

Por fim, resta lembrar que o protector solar não evita o bronzeado. Antes pelo contrário, ao estar a contribuir para hidratar a pele, também ajuda a que esta fique mais bonita e conserve mais tempo aquele tão desejado tom mais moreninho.

Ana Cerdeira











terça-feira, 9 de junho de 2009

O Que é Um Genérico?

Tal como foi anunciado, decorreu no passado dia 3 uma sessão de esclarecimento sobre “O medicamento genérico”. Inicialmente prevista para as 18 h, acabou por ser protelada para as 19h para que alguns alunos que frequentam o ensino secundário recorrente, que haviam mostrado interesse, pudessem estar presentes.

Apesar de achar que já sabia o suficiente sobre os genéricos, pois sempre defendi a sua administração, acabei por ficar surpreendida com algumas informações que o Farmacêutico José Pedro Regala facultou à audiência.

Por exemplo, sabiam que qualquer medicamento deriva sempre da medicina natural e tradicional, assim como, dos saberes mais remotos de muitos curandeiros e de suas mezinhas? E eu que pensava que muitos dos medicamentos, recentemente descobertos, eram integralmente fabricados em tubos de ensaio, mediante formulas químicas criadas em laboratório.

Sabiam que, em média, salvo raras excepções, um medicamento leva entre dez a doze anos a ser testado antes de poder ser comercializado? Parece muito tempo, mas funciona realmente assim devido à necessidade de testar a fiabilidade e segurança do mesmo. De facto, antes de um medicamento sair para o mercado, este tem que ser sujeito a inúmeros testes, primeiro em animais e, numa fase posterior, em humanos que normalmente se oferecem como voluntários para este efeito. Neste processo são envolvidos vários laboratórios e inúmeros investigadores. Apenas quando ficar comprovada a sua biossegurança ou seja, de que o medicamento não apresenta risco algum para o Homem, é dado o aval para a sua comercialização. Assim, não admira que alguns medicamentos sejam tão caros!

De igual forma, fiquei a saber, e isto é muito importante, que se transmita que um medicamento genérico apenas difere do medicamento de marca no seu preço, que é consideravelmente mais barato. Quanto ao resto, no que concerne ao princípio activo, tamanho, cor ou forma tudo é rigorosamente igual.

Bom, e se é mesmo assim, dá vontade de perguntar porque é que os medicamentos não são todos genéricos? A resposta já vos foi dada. Se é dispendido tanto tempo de investigação e tantos recursos num medicamento novo, os custos dispendidos neste processo são, necessariamente, muito elevados. Daí que, quando o medicamento é aprovado, o laboratório que o comercializa tem direito de exclusividade durante sete anos. E assim, surge o medicamento de marca.

Findo este tempo, outros laboratórios passam a poder comercializar esse mesmo medicamento e assim, surgem os genéricos.

Este fim-de-semana, enquanto folheava a revista Visão, li uma pequena notícia onde se anunciava que o estado Português irá comparticipar em 100% a venda de medicamentos genéricos a cerca de um milhão de pensionistas, com rendimentos inferiores ao salário mínimo nacional.

É caso para pensar seriamente nos genéricos! Não vos parece?

Ana Cerdeira








quarta-feira, 3 de junho de 2009

Sessão de Esclarecimento sobre: O Medicamento Genérico

Hoje, pelas 18h, na sala 4 da Escola EB 2,3 Garcia d'Orta de Castelo de Vide decorerá uma sessão de esclarecimento sobre medicamentos genéricos com o farmcêutico José Pedro Regala.


Dramatização nas Aulas de História


As turmas do 7º ano, encenaram uma representação do Contrato de Vassalagem no século XII. Esta representação esteve a cargo da professora de História: Célia Prata, tendo sido dinamizada na aula de História.
O contrato de vassalagem, consistia numa relação de dependência pessoal entre duas pessoas, que assumiam um compromisso de fidelidade, obediência e auxílio militar.Podes visualizar o filme no site: (reportagemhistoria.blogspot.com).


Quanto às turmas do 8º Ano

A aluna, Patrícia Reis, nº.19 da turma A do 8º ano, realizou na aula de história, uma encenação de uma das personalidades mais importantes da revolução americana: George Washington.
George Washington, foi o rosto da revolução americana, tendo ficado conhecido, como o Pai dos Estados Unidos da América, para além disto, foi também general e político.
Foi eleito o primeiro presidente dos Estados Unidos da América, cargo que desempenhou de 1789 a 1797.
Podes visualizar o filme no site: (reportagemhistoria.blogspot.com)
Professora Célia Prata

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Teste à Condição Física

Na próxima terça-feira, na BE/ CRE, Biblioteca Escolar, entre as 14h e as 14:30h, apenas num exercício de 45 segundos, a comunidade escolar poderá saber qual a sua condição física, através do Índice Ruffier-Dickson.

Venham testar a forma física.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Observação nocturna

Na noite de vinte e seis de Maio, a comunidade escolar, pais dos alunos e alguns curiosos andaram com a “cabeça na Lua”. Não por estarem distraídos, mas porque se deslocaram à Barragem de Póvoa e Meadas, para participarem na observação nocturna que aí decorreu. Através do telescópio automático (do professor Acácio Lobo e comandado pelo mesmo) e do telescópio tipo Dobson (da Escola Básica 2,3 de Castelo de Vide), manuseado pelo professor Aires Nina, foi possível ver alguns corpos celestes. As pessoas presentes conseguiram visualizar a Lua com as respectivas crateras, a estrela Polar, tal como Saturno e os seus anéis, para além das muitas estrelas e constelações que se viram a olho nu.

Os mais “resistentes”, já pela noite dentro, através do telescópio automático, ainda observaram algumas nebulosas, enxames de estrelas e estrelas duplas.

Em relação a possíveis fotografias, não há nenhuma! Não por esquecimento da máquina fotográfica (quase todos os telemóveis têm uma!), mas simplesmente pelo facto do flash perturbar a adaptação dos olhos ao escuro, o que iria dificultar a observação nocturna.


Professor Aires Nina

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Requalificação de espaços interiores da EGO



A turma do 9ºA, em Educação Visual, deu continuidade ao Projecto de Requalificação de Espaços Interiores da Escola EB 2,3 Garcia d’Orta de Castelo de Vide, iniciado no ano anterior. Desta feita, foi a vez do espaço de acesso ao átrio em frente à BE/ CRE.






video

Observação Astronómica


As actividades no âmbito das comemorações do Ano Internacional da Astronomia terão o seu ponto alto numa observação astronómica, a realizar na próxima 3ª feira, dia 26 de Maio, pelas 21h30, na Barragem de Póvoa e Meadas.Para a concretização desta actividade, estará disponível um autocarro municipal que fará o transporte, de ida e volta, entre Castelo de Vide e a Barragem.
Nesta actividade poderão participar alunos, familiares e toda a comunidade.
Partida: em frente à Caixa Geral de Depósitos, às 21h.

Regresso da Barragem de Póvoa e Meadas: às 23h.

Palestra de Nuno Crato na EB 2,3 Garcia D'Orta





Foi com enorme satisfação que, no dia 15 de Maio, a E.B. 2,3 Garcia D’Orta recebeu o Prof. Dr. Nuno Crato, notável investigador, premiado nacional e internacionalmente.O professor Nuno Crato veio à nossa escola, a convite do professor Acácio Lobo (Departamento de Matemática e Ciências Experimentais), fazer uma palestra sobre a aplicação da Matemática na Astronomia.
Depois da palestra, o nosso convidado inaugurou a Exposição de Astronomia que estará patente na Biblioteca Escolar, entre os dias 15 e 25 deste mês.
Esta actividade foi dinamizada conjuntamente pela BE e pelo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais, em estreita colaboração com a Biblioteca Municipal, no âmbito das comemorações do Ano Internacional da Astronomia.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Adiada Acção de Formação de Educação para a Saúde

Atendendo a que findou o prazo para inscrição na Acção de Formação de Educação para a Saúde para pais e encarregados de educação, agendada para 26 de Maio, sem que qualquer registo de intenção tivesse sido efectuado, resolveram, o Conselho Executivo e a Coordenadora da Educação para a Saúde, em concordância com os técnicos da Associação para Planeamento da Família, adiar a realização da mesma para o próximo dia 1 de Junho, no horário inicialmente fixado (entre as 17h 30m e as 20h 30m).

Novamente, solicita-se, aos potenciais interessados, que a inscrição seja efectuada, impreterivelmente, até ao dia 27 de Maio (quarta feira), uma vez que existe, por parte dos técnicos que vêm ministrar a acção de formação, a necessidade de preparar atempada e cuidadosamente a mesma.

Atendendo a que este tipo de acções possuem um elevado interesse pedagógico e são da maior importância para a prevenção de comportamentos de risco nos jovens, apela-se a todos os pais dos alunos do 2º e 3º ciclos da Escola EB 2,3 Garcia d’Orta de Castelo de Vide que façam um esforço para assistir à referida.

Ana Cerdeira